Vozes Ancestrais – Contos Indígenas, por Daniel Munduruku

2019-10-16T10:18:25-02:00

Quer conhecer mais sobre as histórias contadas tradicionalmente em diversas aldeias brasileiras?

Daniel Munduruku reuniu em Vozes Ancestrais – Dez contos indígenas, mais do que textos no papel.

A tradição oral dos povos indígenas é um forte instrumento para ensinar as gerações mais novas a história de seu povo e os conhecimentos acumulados durante milhares de anos.

Como, para os índios, estas histórias são consideradas coletivas, Daniel aguardou a autorização das comunidades. Só então as recontou, procurando preservar o modo tradicional de narrar de cada uma e sua poética milenar.

Mas ao traduzi-las para o português e para melhor proveito do leitor, deu contribuição própria ao estilo das narrativas que recolheu.

Mais que textos no papel, os contos destes tempos de beleza e encantamento da cultura de povos ancestrais oferecem ao leitor um contato com outras formas de contar as realidades do mundo, suas origens ou o sentido do existir.

Histórias de uma diversidade de povos, suas memórias, hábitos, sons, costumes, ritos. Histórias onde muitas vezes a natureza fala pelo som do vento, pela lua e seres materiais ou espirituais se comunicam.

E aí a vida se harmoniza ou desafia.

O Projeto do livro Vozes Ancestrais

O projeto belíssimo, proporciona ao leitor uma referência visual. Fotos de locais ou membros de cada etnia, muitos com seus adornos, pinturas e grafismos como símbolo de reconhecimento.

Após cada conto, temos um breve histórico com significado de nomes, origens e população atual.  Informações valiosas para situar o leitor de parte da multietnicidade da sociedade brasileira.

Há ainda um glossário e mapas com a região do Brasil habitada atualmente por cada etnia.

Valioso também é o texto final do professor, linguista e indigenista Wilmar D’Angelis. Aborda as migrações dos povos indígenas, suas diferenças culturais e formas de transmissão oral.

De acordo com o professor este livro oferece uma chance ao leitor de contado com estas tradições milenares, mas ressalta:

Se alguém quiser conhecer verdadeiramente a literatura oral de uma sociedade indígena, deve procurar seus sábios diretamente e, se possível, aprender a língua e entrar, aos poucos, na riqueza e na beleza de suas culturas.

Este livro merece ser apreciado. Pelo reencantamento com estas belas histórias, pelo empenho e respeito com que foram recontadas e pelo gostinho de quero mais que proporcionam.

E se você quer ler mais sobre a cultura nacional, veja o post: Folclore brasileiro: um abecedário de personagens em livro. 

Veja mais dados do livro Vozes ancestrais

Livro: As Vozes Ancestrais – Dez Contos Indígenas

Autor: Daniel Mundukuru

Editora: FTD

Compartilhe:

Deixar um comentário