Contos 2019-08-07T10:52:31-02:00

Contos

Textos curtos, com o tempo, se transformam em gosto por grandes obras.

Quando se começa a escrever, contos são a escolha natural e nem sempre fácil, neste processo de aprendizagem. Mas precisam ser certeiros, atingir seu objetivo de forma rápida, com uma escrita concisa, sem espaço para explanações de vidas inteiras.

Quando comecei, não imaginava existirem tantas técnicas, acreditava que bastava-me inspiração e pronto. Só que não, mesmo!

Aqui estão todos os meus contos já publicados em antologias e outras produções independentes. Este contos, em geral não ficam com os direitos autorais reservados à editora, portanto podem ser transformados em e-books. Foi o que fiz este ano, colocando alguns à venda na Amazon.

A autopublicação é um caminho que, se feito com bastante cuidado e planejamento, pode render bons frutos ao autor.

Boa leitura!

O Quarto Secreto

Na infância, por alguns meses, morei na casa de meus avós maternos. Época de histórias, monstros e poucos amigos. Nenhum de verdade.

Talvez as histórias fossem mais sobre monstros e mistérios. Como a que envolveu meu avô e seu quarto secreto. Supersecreto, trancado à chave. O seu reino.

Ali tinha coisa e eu era louca para descobrir…

Publicado em Da substância dos sonhos e outras periferias, coletânea foi organizada por Tiago Novaes, no âmbito do curso de Escrita Criativa, este conto traz uma doce e dolorosa memória de infância.

Autobiográfico e em homenagem ao rei mais famoso de todos os tempos: meu avô Angelo.

Na Amazon

O Kraken

…invade minhas noites. Todas elas, desde meus sete anos. O Kraken pode arrancar seu rosto e arrastá-lo para as profundezas. Não há como escapar de seus tentáculos. Ele te esmaga, te contamina, te amaldiçoa pela eternidade…

Usar a literatura como uns dos poucos espaços de liberdade, para falar sobre tabus, instrumentos de regulação da vida psíquica e social dos indivíduos, foi a proposta da coletânea Tabu, editada selo Carreira Literária. Cada escritor participante escolheria livremente qual tema tabu abordar. Escolhi um dos mais inquietantes: o abuso infantil por parte de um membro da própria família e que inclusive, silencia a todos. Muitos conhecem um caso aqui ou ali, mas ninguém comenta, afinal para muitos, ainda é tabu. Mas as consequências deste covarde silêncio podem ser nefastas.

Na Amazon

O Adorador do Carvalho

Olhou para a abertura do carvalho. Há muito não a cruzava, talvez desde a morte do rei… cruzou sem hesitação o limiar que o separava do mundo… viu na paisagem ao longe construções altas, veículos que andavam sobre rodas e outros a flutuar, pessoas com vestes estranhas e cabelos coloridos. Nada de castelos, damas com vestidos rebuscados, espadas ou cavaleiros. E nada de seu rei. Onde estou?…

Este conto faz referências a um famoso mago, um rei e sua poderosa espada e foi publicado inicialmente na coletânea Escritor Profissional Vol. 4, promovido pelo Carreira Literária.

Acompanhe a vida deste mago em seu antigo carvalho onde nada é o que parece.

Na Amazon

O Enxame

… senti a picada no pescoço… horrorizada ao ver a seringa em sua mão, seu olhar sem demonstrar qualquer humanidade, tão escuro e frio como o granizo que caía das nuvens carregadas… dirigiu em alta velocidade até a unidade militar…. caixas de vidro abrigavam corpos nus, ligados a fios e sondas, fontes de alimentação e saúde. Uma caixa isolada dos demais, esperava o meu corpo.

Este conto distópico, ambientado na serra catarinense, em uma sociedade com mudanças globais radicais e que muitas vezes, fogem à qualquer  controle, foi publicado em Distrópicos – Contos Fantásticos de um Brasil Imaginadopara o Curso de Escrita de Literatura Fantástica promovido pelo Carreira Literária.

A menina do pijama lilás

Leia grátis no Wattpad

A Bruxa e o Boitatá

A primeira ou a sétima filha de um casal sem varões nasce bruxa.

Esta frase é uma forte lenda da Ilha da Magia, que ao contrário do que muitos pensam, não é mágica somente pelas belezas naturais.

Este foi o pontapé inicial para a criação deste conto que, para minha imensa alegria, foi selecionado para a coletânea Brasil Fantástico – Lendas de um País Sobrenatural.

Além de se tornar minha primeira publicação, foi também a primeira parceria entre a Editora Draco e o Clube dos Leitores de Ficção Científica – CLFC, um projeto incrível que valoriza o folclore nacional.