Contos 2018-12-20T16:25:56+00:00

Contos

Textos curtos, com o tempo, se transformam em gosto por grandes obras.

Aqui estão todos os meus contos já publicados em antologias e outras produções independentes.

Boa leitura!

O Quarto Secreto

Na infância, por alguns meses, morei na casa de meus avós maternos. Época de histórias, monstros e poucos amigos. Nenhum de verdade.

Talvez as histórias fossem mais sobre monstros e mistérios. Como a que envolveu meu avô e seu quarto secreto. Supersecreto, trancado à chave. O seu reino.

Ali tinha coisa e eu era louca para descobrir…

Publicado em Da substância dos sonhos e outras periferias, coletânea foi organizada por Tiago Novaes, no âmbito do curso de Escrita Criativa, este conto traz uma doce e dolorosa memória de infância.

Autobiográfico e em homenagem ao rei mais famoso de todos os tempos: meu avô Angelo.

Adquira

O Kraken

…invade minhas noites. Todas elas, desde meus sete anos. O Kraken pode arrancar seu rosto e arrastá-lo para as profundezas. Não há como escapar de seus tentáculos. Ele te esmaga, te contamina, te amaldiçoa pela eternidade…

Usar a literatura como uns dos poucos espaços de liberdade, para falar sobre tabus, instrumentos de regulação da vida psíquica e social dos indivíduos, foi a proposta da coletânea Tabu, editada selo Carreira Literária. Cada escritor participante escolheria livremente qual tema tabu abordar. Escolhi um dos mais inquietantes: o abuso infantil por parte de um membro da própria família e que inclusive, silencia a todos. Muitos conhecem um caso aqui ou ali, mas ninguém comenta, afinal para muitos, ainda é tabu. Mas as consequências deste covarde silêncio podem ser nefastas.

Adquira

O Adorador do Carvalho

Olhou para a abertura do carvalho. Há muito não a cruzava, talvez desde a morte do rei… cruzou sem hesitação o limiar que o separava do mundo… viu na paisagem ao longe construções altas, veículos que andavam sobre rodas e outros a flutuar, pessoas com vestes estranhas e cabelos coloridos. Nada de castelos, damas com vestidos rebuscados, espadas ou cavaleiros. E nada de seu rei. Onde estou?…

Este conto faz referências a um famoso mago, um rei e sua poderosa espada e foi publicado inicialmente na coletânea Escritor Profissional Vol. 4, promovido pelo Carreira Literária.

Acompanhe a vida deste mago em seu antigo carvalho onde nada é o que parece.

Adquira

O Enxame

… senti a picada no pescoço… horrorizada ao ver a seringa em sua mão, seu olhar sem demonstrar qualquer humanidade, tão escuro e frio como o granizo que caía das nuvens carregadas… dirigiu em alta velocidade até a unidade militar…. caixas de vidro abrigavam corpos nus, ligados a fios e sondas, fontes de alimentação e saúde. Uma caixa isolada dos demais, esperava o meu corpo.

Este conto distópico, ambientado na serra catarinense, em uma sociedade com mudanças globais radicais e que muitas vezes, fogem à qualquer  controle, foi publicado em Distrópicos – Contos Fantásticos de um Brasil Imaginadopara o Curso de Escrita de Literatura Fantástica promovido pelo Carreira Literária.

Em Breve

A menina do pijama lilás

Leia grátis

A Bruxa e o Boitatá

A primeira ou a sétima filha de um casal sem varões nasce bruxa.

Esta frase é uma forte lenda da Ilha da Magia, que ao contrário do que muitos pensam, não é mágica somente pelas belezas naturais.

Este foi o pontapé inicial para a criação deste conto que, para minha imensa alegria, foi selecionado para a coletânea Brasil Fantástico – Lendas de um País Sobrenatural.

Além de se tornar minha primeira publicação, foi também a primeira parceria entre a Editora Draco e o Clube dos Leitores de Ficção Científica – CLFC, um projeto incrível que valoriza o folclore nacional.

Adquira